Sábado, 14 de Fevereiro de 2009

«O Rochedo»

(Por Emídio Rangel, jornalista, in CM)

«Sócrates tem hoje mais cabelos brancos. O seu rosto por vezes exibe o desgaste de uma liderança forte do partido e do Governo, mas é inquestionável que chega a Fevereiro de 2009 com a mesma força e a mesma determinação que exibia em 2004 quando pela primeira vez se candidatou a líder do Partido Socialista.

Muitas foram as vozes que na altura afirmaram reticências à capacidade e à inteligência do jovem líder recém-eleito. Entre eles estava Mário Soares. Um homem grande que soube mais tarde corrigir o seu juízo e enaltecer a valia do novo líder. É óbvio que Sócrates vai, sem surpresas, renovar a sua liderança à presidência do PS porque os socialistas em geral reconhecem-lhe o mérito, o trabalho e a dedicação, sem quebras, que levaram o partido a manter sempre índices elevados em todas as sondagens.

Como costuma dizer-se, a sorte dá muito trabalho. E Sócrates, sem desfalecimentos, tem mostrado uma capacidade de luta invulgar. Poderia parecer, à primeira vista, que a sua caminhada tinha sido fácil. Mas, com franqueza, não me lembro de um líder partidário que tenha sido tão agastado, interna e externamente, e continue de pé, com apoios firmes de grande parte do eleitorado, podendo mesmo vir a reclamar de forma definitiva nova maioria absoluta. Foi, de certeza, muito difíci subir e descer montanhas, enfrentar dificuldades de monta, no partido e no País, e continuar como um rochedo, desafiando todas as intempéries. Não fica mal, nesta ocasião, lembrar, em benefício da verdade e do rigor, que Sócrates teve e tem um inimigo interno perigoso e capaz de todas as tropelias. Refiro-me, evidentemente, a Manuel Alegre, que se revelou um homem capaz de atraiçoar os seus camaradas no momento em que sentir terreno apropriado para a façanha.

Também não fica mal lembrar que as oposições a Sócrates usam mão de todas as armas, da Universidade Independente ao caso Freeport, para derrubar o político que tem ousado responder à letra às calúnias e às armadilhas postas para denegri-lo. São oposições que nem no momento em que o PR apela à unidade do País, nem na ocasião em que emergiu uma crise mundial de grandes proporções que afecta tudo e todos, são capazes de dar ajuda, uma solução, uma opinião de boa-fé. Vão repetindo, na convicção de que os portugueses são todos estúpidos. Dá a impressão de que a desgraça do País é a graça que procuram.
A crise, que ganhou agora maior expressão com os índices do INE, vai ser vencida.
Com Sócrates.
»
<BRSubscrevo. Na íntegra.
publicado por planetamercuryii às 15:13
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O «LiBlog» tem nova casa!...

. Cinco coisas que o Presid...

. Fez-se justiça!

. Os dados estão lançados.....

. Para sempre...

. Eu não tenho dúvidas!

. 8 anos...

. Eis a reentré!

. Obrigado Raul Solnado!

. 1958 - 2009

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds