Segunda-feira, 5 de Junho de 2006

«Vamos a eles, sem recuar!»

E porque acabo de ler uma transcrição exacta daquilo que é a minha maneira de pensar e o meu entendimento de "certos" factos, não resisto a aqui partilhar tão brilhante e, muito, esclarecedor, texto de Luis Delgado, publicado no DN de hoje...«Sou dos poucos, eventualmente, que acham muito bem que os deputados tenham adaptado a sua agenda parlamentar aos jogos do Mundial. Deixemo-nos de hipocrisias: todos vamos ver, todos vamos parar para apreciar aqueles 90 minutos, nesta fase, e só por total idiotice é que se poderia criticar uma agenda que foi abertamente assumida, sem rodeios, pelos grupos parlamentares.Vamos a eles, com força, sem vergar, com ímpeto, sem recuar, com magia, sem desfocar, e com eficácia, sem abrandar.Os portugueses precisam, como nunca, deste interregno efémero, que dura uma hora e meia, para nos ajudar a passar, melhor, espera-se, os momentos de crise, angústia e dificuldade que vivemos há muitos anos.Não serão três jogos, na primeira fase, e que se espera não seja a última, que atrapalharão o País, que se mostrarão decisivas para o nosso destino político e económico. Era só o que faltava.Precisamos de alegrias, de bons resultados, de animação e convicção, e isso pode e deve vir da nossa selecção, tanto agora como em 2004, em que também nos animou, entusiamou, e até levou o País a encarar-se de uma forma mais positiva.O dia-a-dia, as dificuldades permanentes, a crise que não passa, também pode parar por uns instantes, mesmo que eles não passem de uma vibração passageira.É desses minutos rápidos, trepidantes, bons e maus, que se faz a motivação e o orgulho nacional.Os deputados que parem, fazem bem, mas o mesmo deve acontecer com o Governo, o PR, os autarcas, e todos os que, aqui ou acolá, não estiverem a enfrentar uma urgência ou um momento irreversível.Scorali está a regressar ao seu melhor estilo - combativo, positivo e imperativo - e jogadores como Figo, Pauleta, Cristiano Ronaldo, Deco, Costinha, Ricardo Carvalho e outros tantos sabem, uma vez mais, que não têm apenas a responsabilidade de fazer grandes jogos, de passar todas as dificuldades, como de partir para esta competição com um único objectivo: ganhar, e ganhar a todos, mesmos aos eternos favoritos.Falta-nos alguma coisa? Não somos tão bons como os outros? Não fomos vice-campeões da Europa? Não estamos num dos nossos melhores períodos da era do futebol? Não temos o apoio inquestionável de mais de dez milhões de portugueses e outros tantos, ou mais, de língua portuguesa?Estamos no Mundial por direito próprio, à custa de um desempenho notável na fase de qualificação, como nunca tinha acontecido, e estamos mentalmente preparados, sem euforias inconsequentes, para enfrentar os mais fortes e determinados do mundo, pela simples razão de que estamos no mesmo patamar.Desta vez não vamos para a Alemenha com a sensação tíbia do "logo se verá", um misto de meia derrota e depressão nacional.Seja como for, no Mundial não contam segundos nem terceiros, mas apenas os que trazem aquela bela taça para o País.E como? É simples: Figo tem de acertar nos seus passes milimétricos, Pauleta estar no dia certo, Cristiano Ronaldo virtuoso e calmo, Deco usando da sua magia, Miguel da sua rapidez e força, Costinha da sua tranquilidade, Ricardo Carvalho da sua serenidade e Ricardo da sua boa disposição. Sem esquecer, claro, as outras estrelas, que em campo ou no banco podem resolver um jogo, fazer um passe decisivo e marcar um golo inesquecível.Portugal vai com eles, com todos, em igual medida e entusiamo, e isso não pode ofuscar o seu brilhantismo em campo, mas puxar pelo melhor que têm e dão.O Mundial começa na sexta-feira, dia 9, e Portugal só quer estar a vibrar durante um mês, consecutivo, mesmo com os altos e baixos que cada jogo vai mostrar, com os nervos à flor da pele e o coração em ritmo elevado.Vamos a eles, com força, sem vergar, com ímpeto, sem recuar, com magia, sem desfocar, e com eficácia, sem abrandar. Churchill é que sabia: nunca tão poucos poderão fazer tanto por milhões...» (fim de transcrição)É isso mesmo! Vamos acreditar! EU ACREDITO!
publicado por planetamercuryii às 09:34
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O «LiBlog» tem nova casa!...

. Cinco coisas que o Presid...

. Fez-se justiça!

. Os dados estão lançados.....

. Para sempre...

. Eu não tenho dúvidas!

. 8 anos...

. Eis a reentré!

. Obrigado Raul Solnado!

. 1958 - 2009

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds