Sexta-feira, 10 de Março de 2006

«Não há santos milagreiros»

Devo, na minha qualidade de cidadã democrática deste nosso Portugal, obviamente dedicar aqui neste meu "espaço", algumas palavras ao nosso novo Presidente da República.No entanto, confesso que só ainda não o fiz porque esperava conseguir encontrar as palavras certas, ou seja, nem demasiado partidárias (não escondo que nunca fui sua apoiante), nem, de forma alguma, demagógicamente optimistas (porque detesto demagogia).Por tudo isso, atrevo-me a partilhar convosco uma breve análise de Filipe Rodrigues da Silva, no seu editorial da edição online do seu "Diário Digital" de hoje:«1. No meio da turbulência política mundial de há algumas décadas, o então super-activo Henry Kissinger disse um dia que esperava que não houvesse uma crise mundial na semana seguinte, uma vez que a sua agenda já estava cheia. Apaga-fogos, mito vivo ou um mero cultivador de uma praxis dedicada e empenhada – não poucas vezes mais à imagem pragmática de uma linha protestante do que a clássica católica -, Cavaco Silva não deixa de chegar a Belém com uma agenda cheia de notas, post its e essencialmente com o peso de ser uma espécie de esperança quase sebastiânica para os portugueses. No entanto, ao tomar posse, acaba-se a figura do santo milagreiro. 2. Recuperada a imagem política, Cavaco exprimiu ao longo dos últimos anos as propriedades inatas que o levaram a primeiro-ministro. Prometeu – inclusive no silêncio - e cumpriu. Mas, mesmo incansável, não faz milagres. O seu raio de acção encontra-se condicionado. O que é mau para fazer amizades num país de descrentes. Mas que pode encontrar em Sócrates o parceiro quase ideal para prosseguir as marcas de estabilidade deixadas pelo líder do Governo – que não pelo seu Governo na íntegra. Cavaco terá um papel determinante na promoção e discussão pública e urgente do plano reformista iniciado lenta e progressivamente por José Sócrates. Para bem e para o mal, têm os seus destinos traçados – em paralelo e em pura reacção causa-efeito. 3. Será deveras interessante ler uma biografia de Sampaio daqui a alguns anos. Por muito erros que possa eventualmente ter feito – inclusive o ter provocado as eleições antecipadas e a queda do Parlamento que sustentava o governo de Santana Lopes -, Sampaio marcou uma época e um estilo enquanto PR. E merece bem o regresso ao prazer terreno de poder voltar a ir ao cinema como um ordinário cidadão. Sai de Belém em paz e quiçá de consciência tranquila para, pelo menos, com aqueles que o elegeram. Espera-se que daqui a alguns anos no mínimo se possa dizer o mesmo da passagem de Cavaco Silva pela Presidência da República.»Não o subscrevendo na íntegra, como de certo calcularão, não deixa de ser uma forma no mínimo curiosa de analisar os factos.Esperemos então...
publicado por planetamercuryii às 09:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O «LiBlog» tem nova casa!...

. Cinco coisas que o Presid...

. Fez-se justiça!

. Os dados estão lançados.....

. Para sempre...

. Eu não tenho dúvidas!

. 8 anos...

. Eis a reentré!

. Obrigado Raul Solnado!

. 1958 - 2009

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds